Apple agita mercado de automação - NetSeg

Apple agita mercado de automação

Automação | 2014-06-30

Empresa anuncia sua entrada no setor, que mostra tendência para soluções mais simples e baratas.

Uma tendência que já vinha sendo detectada entre especialistas do setor de automação residencial (soluções mais baratas, embora nem sempre confiáveis) ganhou força nas últimas semanas com o anúncio de que a Apple irá entrar nesse segmento. A empresa de Cupertino apresentou no início do mês as novas versões dos sistemas operacionais OS-X e iOS, aproveitando para lançar os kits Home e Health a seus desenvolveres. Segundo a Apple, ambos facilitam a criação de serviços de automação que utilizem a plataforma iCloud.

Para muitos experts da área, é inevitável que empresas como Crestron, Savant, Control4 e AMX (recém-adquirida pelo grupo Harman) invistam em soluções baseadas nesses kits, que permitem, por exemplo, acionar luzes e termostatos via comandos de voz para iPhone e iPad. Esse tipo de solução vem de encontro ao que algumas empresas de automação já estão oferecendo: soluções práticas e de baixo custo, que atraem um tipo diferente de consumidor. “O problema desses produtos é a confiabilidade”, diz um dos especialistas. “Um verdadeiro sistema de automação exige um bom projeto e uma central que integre todos os aparelhos e seus recursos”.

Uma das empresas mais ligadas à Apple é a Savant, hoje entre as líderes no mercado de automação brasileiro. Foi a primeira empresa a lançar os comandos via tablet e smartphone, hoje adotados por quase todo mundo. Além de sistemas sofisticados e de grande porte, a Savant passou a oferecer nos últimos meses soluções mais simples, como o SmartLighting WiFi, que permite operar as luzes do ambiente pela própria rede sem fio da residência. Segundo a distribuidora Audiogene, uma vez instalado no lugar do interruptor convencional e configurado (por um instalador autorizado), os painéis de parede dessa linha podem funcionar integrados ou não a sistemas de áudio e vídeo, segurança, ar condicionado etc.

Outra novidade no setor é a marca inglesa Demopad, distribuída no Brasil pela Munddo. São centrais de automação para redes residenciais do tipo LAN, com comunicação via cabo, infravermelho e até sensores de presença, que também podem ser acionadas por tablet e smartphone iOS ou Android. Já a Biltech está trazendo ao país os módulos PR BC4 e PR BC1, com o software Project Editor, para integrar desde aparelhos de áudio/vídeo até iluminação, portões automáticos, sistemas de refrigeração etc.