O smartphone virou a porta de entrada para a Internet das Coisas - NetSeg

O smartphone virou a porta de entrada para a Internet das Coisas

Residencial | 2016-01-19

Enquanto a CES 2016, a maior feira de tecnologia do mundo, acontece em Las Vegas, o The Verge publicou uma reportagem sobre o investimento de empresas que já dominavam a indústria mobile e hoje se dedicam à automação residencial. O maior objetivo dessas companhias agora é levar o conceito de “casas inteligentes” ao mainstream,  diz o autor do texto, Jacob Kastrenakes: “Algumas dessas gigantes estão começando a criar ecossistemas, em vez de linhas de produto, para conectar os aparelhos que você já tem”

A Samsung e a Apple são os maiores exemplos nessa categoria, e miram na sinergia entre seus dispositivos, tendo como foco os smartphones. Afinal, o futuro está na automação que o consumidor escolhe montar, e não na invenção de sistemas que funcionam com uma só plataforma.

O futuro da realidade virtual

Podem se passar muitos anos até que a realidade virtual e argumentativa esteja disponível ao público, mas o texto do TechCrunch, no link acima, diz que 2016 será um ano importante para moldar essas tecnologias. Linc Gasking, co-fundador da startup 8iReality, é o autor do artigo e fala sobre as expectativas que giram em torno das pesquisas. Para ele, já é hora de pensar além de funções comuns – como comprar, jogar games e assistir a aulas pela realidade virtual – e investir em conteúdo, hardwares e ferramentas de qualidades, para imaginar experiências que se aproximem do que já conhecemos na ficção, como viagens no tempo e teletransporte.