Apos o sucesso da TecnoMultimedia InfoComm Brasil 2015, vem aí a 3ª edição! - NetSeg

Apos o sucesso da TecnoMultimedia InfoComm Brasil 2015, vem aí a 3ª edição!

Tendências | 2016-03-21

A TecnoMultimedia InfoComm, feira da indústria de áudio, vídeo, iluminação e sistemas profissionais integrados, que aconteceu entre os dias 12 e 14 de maio no São Paulo Expo, recebeu 14.261 visitantes. Prevendo a demanda, a feira este ano, teve o espaço ampliado em 33% em relação ao evento do ano passado.

Durante a feira foram apresentadas diversas novidades para o setor, desde óculos de realidade aumentada que melhoram a experiência de cinema para deficientes auditivos, passando por soluções corporativas de conferência, lançamentos em automação comercial e residencial, até projetores que estarão nas Olimpíadas de 2016 no Rio de Janeiro. Ao todo, mais de 60 marcas estiveram reunidas no evento. Entre elas, Epson, Sony, Philips, Panasonic, Audio-Technica, Shure, Discabos, 2MG, ICAP, Analog Way, Casio, NEC, Crestron, AAT Audio, Kramer, Harman e Barco.

Além das inovações, a feira trouxe em sua programação diversas palestras, painéis e workshops técnicos. Em conferência inédita no País, a TecnoMultimedia InfoComm reuniu nove especialistas do setor, representantes das marcas Kramer, Barco, Creston, Discabos, Harman, Audio-Technica, Extron, Shure e Christie para avaliar a atual situação do mercado e as perspectivas para os próximos cinco anos. Unânimes, eles acreditam que há espaço para crescer e, apesar da difícil situação econômica, enxergam uma linha de crescimento estável para o futuro.

Todos ressaltaram a importância da internet para a evolução do mercado e acreditam que distribuidores e integradores devem rever o papel que desempenham. Os executivos acreditam que a convergência de áudio e vídeo com a internet está cada vez maior e mais rápida e todos os stakeholders precisam estar atentos.

O painel foi mediado pelo country manager da InfoComm Brasil, Nelson Baumgratz, CTS-D. “A TecnoMultimedia InfoComm é a iniciativa mais famosa da InfoComm no País. A feira é um importante espaço de atualização e negócios para popularizar a alta tecnologia que o segmento proporciona. Os mercados verticais do Brasil ainda não adotam estas soluções e, muitas vezes, é por falta de conhecimento. Por isso, o primeiro passo é introduzir esta cultura na sociedade e esse é um dos nossos objetivos com o evento”, destaca Baumgratz. “Nosso desafio agora é ressaltar que a InfoComm não é apenas este evento. Ela atua em outras quatro frentes, como educação para dar fundamentação e base aos profissionais; certificação CTS, a única certificação de acreditação internacional do setor; elaboração de normas técnicas da indústria para normatizar o desempenho dos sistemas e suporte aos associados, seja por meio de planilhas de apoio até estudos de mercado que traçam o panorama da indústria. Temos a missão de desenvolver a associação no Brasil para promover o avanço das comunicações audiovisuais por meio do crescimento das empresas e da capacitação dos profissionais”, completa.

Segundo estimativas da InfoComm, o mercado de AVI aponta para crescimento global entre 12% e 14% ao ano. Na América Latina estima-se uma projeção de crescimento ainda mais acelerada: 15% até o final de 2015. Estes dados, junto ao sucesso da segunda edição da TecnoMultimedia InfoComm, garantem sua terceira edição no País já agendada para 10, 11 e 12 de maio de 2016.

“Estamos bastante satisfeitos com os resultados alcançados pela feira nas suas duas primeiras edições. Sentimos que o mercado ganha força e que os expositores saem satisfeitos em relação aos negócios gerados a cada evento proporcionado por nós. E é por isso que queremos consolidar o evento no calendário corporativo brasileiro, assim como já acontece em outros importantes mercados como Estados Unidos, México e Colômbia. O Brasil é um mercado promissor e importante e temos como desafio para as próximas edições fazer com que os fabricantes antecipem e promovam seus lançamentos aqui, antes de apresentá-los na versão americana do evento que acontece entre um e dois meses depois”, revela Max Jaramillo, diretor da Tecnomultimedia InfoComm.