AUTOCOM 2016 reuniu os maiores nomes da Automação para o Comércio - NetSeg

AUTOCOM 2016 reuniu os maiores nomes da Automação para o Comércio

Varejo | 2016-04-08

A Feira e Congressos Internacionais de Automação para o Comércio – AUTOCOM 2016 – é o principal evento de automação para o comércio da América Latina.

Em sua 18ª edição, o evento reuniu os maiores nomes da automação para o comércio, como fabricantes de hardware e periféricos, software houses, suprimentos e canais de distribuição, se tornando o ponto de encontro entre o ecossistema da automação e o comércio.

Os expositores tiveram a oportunidade de apresentar seus produtos e serviços para um público qualificado, já que a feira é totalmente restrita aos profissionais do setor, o que aumenta muito as oportunidades de novos contratos e parcerias. Além disso, tanto os expositores quanto visitantes, conheceram as tendências tecnológicas e também se atualizam profissionalmente com a programação de palestras ministradas por especialistas do setor.

“Além de ser um ambiente que reúne as principais tendências tecnológicas do setor, a feira pode impactar em oportunidades de novos negócios e parcerias”, afirma Débora Skrobot, gerente de marketing da NHS.

Neste ano, a feira tem como tema central a “Produtividade Sustentável”, onde lançamentos e novidades que farão toda diferença no avanço tecnológico e eficácia do comércio nos próximos anos foram apresentados tanto na exposição como nas palestras. Entre eles estão gestão e ganho de produtividade, soluções em etiquetas inteligentes, catálogo digital e interatividade, diminuição no tempo de fila, inventário inteligente, entretenimento e segurança.

“A produtividade é a base para um crescimento sustentável. Para enfrentar a crise atual, o varejista precisa de estratégias, disciplina, métodos e investimento em tecnologia para conseguir racionar os custos e defender margens para enfrentar a crise”, ressalta Araquen Pagotto, presidente da AUTOCOM 2016.

A AUTOCOM tem como diferencial a presença de expositores com soluções já adequadas à legislação e necessidades nacionais, o que permite a aplicabilidade imediata no comércio brasileiro. E mais uma vez a feira se consolida como ponto de encontro com o comércio e usuário de tecnologia, sempre com o objetivo de facilitar novos negócios e parcerias por meio de networking qualificado.